Molho Pesto

Molho pesto

Ingredientes:

  • 4 dentes de alho
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 xícara de chá de folhas de manjericão fresco
  • 3 colheres de chá de nozes sem casca
  • 100 g de queijo pecorino ou parmesão ralado
  • 1/2 xícara de chá de azeite
  • pimenta do reino a gosto

Modo de fazer:

  1. Descasque os dentes de alho e passe pelo espremedor e coloque numa tigela
  2. Adicione o sal e misture bem
  3. Triture as nozes no processador ou com pilão e acrescente-as
  4. Pique as folhas de manjericão já lavadas em pedaços pequenos e acrescente-as
  5. Acrescente o queijo e misture bem até obter uma mistura homogênea
  6. Tempere com um pouco de pimenta do reino e conserve em um vidro esterilizado
Read More
Camarão Ao Creme De Batata Baroa

Camarão ao creme de batata baroa

Ingredientes:

  • 2,5 kg de camarão
  • 1 caixa de queijo catupiry
  • 1 copo de requeijão cremoso light
  • 1 pote de creme de leite light
  • 2 vidros de cogumelos
  • 2,5 kg de batata baroa
  • 10 dentes de alho picados
  • 3 cebolas grandes
  • 2 maços de salsa
  • 6 colheres de azeite de oliva
  • sal

Modo de fazer:

Temperar o camarão com limão e sal.

Dourar a cebola e o alho no azeite. Acrescentar os cogumelos, em seguida, os camarões e a salsa.

Refogar um pouco até o camarão ficar cozido. Juntar o requeijão diluído em 3 colheres de sopa de água.

 

À parte, cozinhar a batata, bater ainda quente e misturar o creme de leite light. Temperar com sal.

Colocar metade da mistura de batata no fundo de um pirex.

Colocar a mistura do camarão.

Cobrir com a outra metade da mistura da batata. Enfeitar com o catupiry e colocar para gratinar no forno até “borbulhar”.

Servir com mix de folhas.

Read More
Molho Pesto De Rúcula

Molho pesto de rúcula

Ingredientes

  • 4 dentes de alho
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 xícara de chá de folhas de rúcula
  • 3 colheres de chá de nozes, sem casca
  • 100 g de queijo pecorino ou parmesão ralado
  • 1/2 xícara de azeite de oliva extravirgem
  • pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

  1. descasque os dentes de alho, passe pelo espremedor e coloque numa tigela
  2. adicione a colher de chá de sal e misture bem
  3. triture as nozes num processador ou com um pilão
  4. lave as folhas de rúcula, seque-as e pique-as bem em pedaços pequenos
  5. coloque tudo na tgela
  6. acrescente o queijo e o azeite
  7. misture bem até obter uma pasta bem homogênea
  8. tempere com pimento do reino
  9. conserve em vidro esterilizado
Read More
Bolo De Banana Sem Glúten

Bolo de banana sem glúten

INGREDIENTES

  • 4 bananas nanicas bem maduras 
  • 1/2 xícara de uvas passas pretas
  • 3 ovos
  • 1/3 xícara de óleo de oliva
  • 1 xícara de quinoa em flocos ou aveia sem glúten
  • 1 xícara de farinha de arroz
  • 2 colheres de sopa de fermento em pó para bolo
  • Canela em pó
  • Mix de castanhas trituradas

MODO DE PREPARO

  1. Unte e enfarinhe a forma com farinha de arroz e pré-aqueça o forno em 180oC
  2. Bata no liquidificador as bananas, as passas, os ovos e o óleo
  3. Coloque a mistura em uma tigela e apresente a quinoa, a farinha de arroz e o fermento
  4. Misture delicadamente com uma colher de pau até ficar bem homogênea
  5. Coloque a massa na forma. Polvilhe canela em pó e castanhas trituradas por cima
  6. Leve para assar durante 20 minutos em forno quente
Read More

Detox do fígado e da vesícula biliar

ÁCIDO MÁLICO

Sachês de ácido málico: usar 01 sachê 03 vezes por dia por 6 dias (comece num domingo e termine na sexta)

O conteúdo do ácido málico deve ser dissolvido em 200 ml de água ou laranja lima ou suco de maçã.

Beba-o lentamente entre as refeições. Evite tomar até 30 minuto antes, durante e até duas horas depois das refeições principais.

Escovar os dentes em seguida, porém sem friccionar muito. Pode usar bicarbonato de sódio.

Evitar bebidas e comidas frias nesta semana do detox. Os alimentos devem ser aquecidos ou à t. ambiente. Alimentação predominantemente vegetariana

SULFATO DE MAGNÉSIO

4 sachês

Diluir em água filtrada (250 ml), tomar em seguida. Não beber mais água em seguida.

Horários: 18:00, 20:00 e depois no dia seguinte ao acordar e 2 horas depois (se achar que a dose será grande demais, tomar apenas o que achar conveniente).

AZEITE DE OLIVA EXTRAVIRGEM

125 ml

Misturar o azeite com suco de laranja e limão, sem coar, sem açúcar e sem água. (150 ml). Agite bem antes de usar. Não beber água até 2 horas depois.

PROBIÓTICOS

Uma semana depois do detox, iniciar o uso de probióticos.

 

  • podem ser realizadas de 8 as 12 limpezas contínuas, 1 vez por mês, até não expelir mais cálculos
  • contra indicado em cado de doença aguda, mesmo resfriados
Read More
Cacao & Almond Energy Balls

Cacao & Almond Energy Balls

Super-receita, deliciosa, para o preparo de energy balls com cacao, amêndoas, tâmaras e outros super ingredientes saudáveis.

Ingredientes:

  • 100 g de amêndoas
  • 200 g de tâmaras
  • 1 colher de sopa de óleo de côco
  • 2 colheres de sopa de cacau em pó
  • 1 colher de sopa de óleo de amêndoas

Bater ligeiramente as amêndoas. Depois acrescentar os demais ingredientes e bater mais. Fazer bolinhas e pronto!!!!

Conheça este site do Deliciously Ella, inglês!

Acesse: https://www.youtube.com/watch?v=GZA-9iifZfU

Read More

O charme da água saborizada

download

Água saborizada é um algo mais:

um detalhe a mais, que acrescenta charme ao nosso dia-a-dia e aos nossos eventos.

Não é necessário receita para prepará-la. Apenas siga a sua inspiração, a sua intuição, o seu desejo. Pedaços de morango, laranja, limão, maçã ou kiwi em rodelas, cubos de abacaxi ou melancia, mirtilos, cerejas, amoras ou framboesas inteiras, folhas de hortelã ou manjericão, talos de erva-doce ou canela, são todos ótimos ingredientes. Apenas combine-os de modo a agradar o seu paladar e o seu coração. Simples assim!

Como fazer?

  1. Coloque água gelada até a metade de uma jarra ou pote de vidro;
  2. Corte as frutas ou as coloque inteiras dentro do pote;
  3. Complete com água e gelo.

A quantidade de frutas vai do gosto de cada um e as combinações são infinitas; você pode também usar apenas uma fruta. Pode usar as frutas pequenas inteiras e cortar somente as grandes, tentando arrumar de uma maneira que fique bonito e colorido. Prepare com um tempo de antecedência, podendo deixar ou não na geladeira, como preferir.

Algumas sugestões:

  • Morango, mirtilo e hortelã
  • Limão siciliano, hortelã e erva doce
  • Laranja, maçã, gengibre e canela
  • Abacaxi e hortelã
  • Água de coco, melancia e hortelã

 

Read More

How to listen to Aquera balanced files?

ATENÇÃO NO SEU TRATAMENTO COM O USO DOS FONES DE OUVIDO 

O ouvido humano é capaz de captar sons que variam dentro de uma range (variação) de frequências que vai de 20 Hz a 20 kHz. No entanto, as frequências geradas pelo Aquera (balanced files) possuem uma range maior do que esta. É importante saber que o cérebro é capaz de trabalhar com frequências mais baixas porque a atividade neurológica do cérebro é baseada na frequência do próton (5 Hz).

Para que estas frequências cheguem ao cérebro devidamente, é importante o uso de um “instrumento” capaz de fazer com que elas atinjam o cérebro com fidelidade, uma vez que ele tem que estabelecer o reconhecimento preciso destas frequências para a sincronização neural dos processos de (auto)cura. Por isso, os fones de ouvido precisam possuir especificações adequadas. Os sons noturnos, por exemplo, possuem frequências muito baixas e um fone comum não será capaz de permitir captar todos eles através da audição.

CUIDADOS FUNDAMENTAIS:

  • Range de 10 Hz (ou menor) a 24.000 Hz (ou maior);
  • Potência mínima de 100 db (decibeis);
  • Usar a marca Ultrasone para tratamento neurológico, porque não tem campo eletromagnético no seu funcionamento e, sim, ultrassom;
  • Não comprar fones com Bluetooth, pois perde a qualidade do som (que deve ser transmitido por fio);
  • Ouvir os sons diurnos de 2 a 3 vezes por dia (quanto mais ouvir,  melhor);

POSIÇÃO DOS FONES DE OUVIDO

Informações de frequências são enviadas a cada lado do cérebro de maneira específica, pois cada lado de nosso cérebro possui uma determinada função fisiológica de reparo. Portanto, jamais troque a posição dos fones R (direto) e L (esquerdo), pois a terapia não fará qualquer efeito.

 

Read More

Doenças auto-imunes e intestino permeável: a “raiz” da questão

Você sabia que a manifestação de doenças auto-imunes tem uma relação direta com o intestino?

Na realidade, com um quadro chamado intestino permeável, ou leaky gut em inglês. Temos observado um aumento importante destas doenças nos últimos anos, ou melhor, nas últimas décadas. E isso tem tudo a ver com uma série de fatores,  como demonstra a foto abaixo:

GUTHEALTH_LeakyGutSyndrome

  • estresse;
  • proteínas da dieta, como o próprio glúten (que, na realidade, é um “novo glúten” uma vez que temos, por biotecnologia, um “novo trigo” formado pela combinação de 3 variedades de trigo);
  • modificações dos hábitos alimentares;
  • substâncias alergênicas da dieta;
  • toxinas ambientais, como os agrotóxicos;
  • exposição a microorganismos patogênicos;
  • uso indiscriminado de antibióticos;
  • hipocloridria, que pode estar associada ao uso de medicamentos, como os inibidores da bomba de prótons, como o omeprazol;
  • alterações dos níveis de glicose sérica;
  • desequilíbrios hormonais;
  • entre outros.

Veja o que acontece: alterações da barreira da mucosa intestinal em decorrência de todos estes fatores acima fazem com que seja aberto o espaço entre as células epiteliais, que normalmente estão mega unidas (tight junctions). Desta forma, partículas do “meio” entram no espaço subepitelial, desencadeiam um processo inflamatório e estimulam o sistema imune, dependendo da susceptibilidade genética. É como se ele perdesse a capacidade de diferenciar as proteínas do organismo das proteínas invasoras. O tipo de proteína/célula que é atacada determina a doença que vai se manifestar: tireoide de Hashimoto (quando as células da tireoide são atacadas), artrite reumatoide (quando articulações são literalmente destruídas) e psoríase (em decorrência do acometimento de células da pele e outros tecidos).

Consegue entender que a “raiz da questão” em relação à manifestação das doenças auto-imunes é a mesma? O intestino permeável ou leaky gut. 

Consegue entender também que a doença está “ali” e que nós (até por desconhecimento) é que permitimos que ela se manifeste?

Ainda bem que estamos nesta era maravilhosa, esta “nova era” em que o ser humano vai descobrindo a sua própria capacidade de auto-cura através das escolhas cotidianas, como propõe a minha Engenharia Aplicada ao Tempo de Vida Saudável – a ciência de manter a saúde. 

Entre nós, durante muitos anos, especialmente na questão perda de peso, meu trabalho não era muito reconhecido, porque vigorava o “imediatismo”. É verdade, a maioria das pessoas queria emagrecer “para ontem”! Tenho uma serena satisfação interior de ter sido persistente. De ter mantido na minha linha de tratamento, com a visão do todo, com a visão de ajudar o paciente a “achar o caminho”, com a visão de longo prazo. Para mim é o que faz sentido!

E onde entra o Aquera nisso tudo?

Read More