Alimentos e riscos para a saúde

São tantos os riscos relacionados à ingestão de alimentos que, não raramente, os pacientes comentam que já “não sabem o que comer”. No final das contas, a regra mais geral é:

escolha alimentos predominantemente de origem vegetal e 100% orgânicos, de preferência produzidos localmente e “da estação”.

Entretanto, de tudo que ouvimos sobre alimentos associados a riscos para a saúde, existem 3 que você deve realmente passar longe:

  1. peixes de cativeiro
  2. soja e milho transgênicos
  3. alimentos com maiores teores de agrotóxicos, como tomates, maçãs, morangos, pimentões e folhas verdes escuras

Quando li sobre isso nos episódios “Broken Brains”, sobre cérebros danificados – uma epidemia nos dias de hoje – o que mais me chamou a atenção foram os peixes de cativeiro. Eu não sabia que eram tão prejudiciais para a saúde. A gente tende a não perceber quando vai ao supermercado ou à peixaria, mas pouco a pouco os peixes de cativeiro estão substituindo os pescados. O alerta foi dado pela FAO, a Organização para a Alimentação e a Agricultura: em 2012, metade dos peixes consumidos no mundo já não eram mais pescados naturalmente nos mares e oceanos. Ainda mais agora!!!!

Salmão e tilápia parecem os mais complicados, mas, no final das contas, todos os peixes de cativeiro oferecem riscos. Mantenha-se informado!

Read More

Ativos para o cérebro: playing a game

Hoje a informação está muito disponível e a gente encontra um tanto de “pesquisas” que deram resultados positivos para determinado fim. Afinal, a produção científica é requisito para a sustentação do sistema educacional e não apenas um meio através do qual adquirimos conhecimento. O outro lado da moeda é individualizar as necessidades de cada indivíduo e prescrever um tratamento coerente que associe alimentação e suplementos.

Alguns alimentos e suplementos têm merecido destaque em se tratando de neurogênese, mielinização e outros efeitos benéficos para a saúde cerebral:

  • Blueberry
  • Chá verde
  • Carnosina
  • Curcumina
  • Pimenta
  • Salsão
  • Ginseng
  • Huperzine
  • Sálvia vermelha
  • Geleia real
  • Wasabi
  • L-theanina
  • Ashwagandha
  • Café
  • Acetil-L-carnitina
  • Coenzima Q-10 ou Ubiquinol
  • BioPQQ
  • EPA/DHA
  • Vitamina D

Mas, lembre-se: a prescrição é sempre individualizada!

 

Read More

Tudo orgânico

Todo mundo sabe que não sou uma pessoa radical, muito pelo contrário.

Mas, quando se trata do uso de orgânicos, tenho sido cada vez mais enfática:

TEM QUE SER ORGÂNICO.

Os malefícios decorrentes do uso de agrotóxicos, que ultrapassou qualquer limite de sanidade em nosso país, estão cada vez mais evidentes, especialmente a nível intestinal. Nunca se viu tantas alterações da permeabilidade intestinal (leaky gut), com todas as suas consequências, desde disbiose às alergias e  manifestações de doenças auto-imunes.

Além do mais, a agricultura orgânica é uma agricultura sustentável, realizada por pessoas que valorizam a vida em nosso planeta no sentido amplo da palavra, zelam pela saúde, promovendo ondas positivas que inspiram o cuidado com a gente mesmo e com os outros. Existe toda uma vibração no mundo dos orgânicos. Sinta.

Read More

Depressão e aumento da neurogênese

Por tantos anos, disseram-nos que depressão ocorria devido a um desequilíbrio bioquímico do cérebro, especialmente falta de serotonina, de modo que os inibidores da recaptação da serotonina, como a fluoxetina e similares, teriam boa indicação. Ao longo dos anos, desde que foi lançada no final da década de 80, quantos antidepressivos foram utilizados, sem que a ‘teoria bioquímica da depressão” fosse comprovada? Veja este texto publicado pela Universidade de Harvard. Ele nos coloca que um novo alvo é a neurogênese, ou seja, estímulo da formação e crescimento de novos neurônios, que podem ser estimulados, por exemplo, pelo exercício físico.

Algumas dias:

  1. Exercício: pessoas que não se exercitam tem 44% mais chance de ter depressão.
  2. Cromoterapia
  3. Ômega-3
  4. Vitamina D
  5. Magnésio
  6. Vitamina B9 e vitamina B12
  7. Meditação mindfulness
  8. Emotion Freedom Techniques (EFT)
  9. Terapia cognitivo comportamental
  10. Controle da ingestão de açúcar (menos de 40 g por dia)
https://wakeup-world.com/2018/01/26/why-depression-is-not-caused-by-a-chemical-imbalance/


Research suggests that depression doesn’t spring from simply having too much or too little of certain brain chemicals. Rather, there are many possible causes of depression, including faulty mood regulation by the brain, genetic vulnerability, stressful life events, medications, and medical problems.

“It’s believed that several of these forces interact to bring on depression … There are millions, even billions, of chemical reactions that make up the dynamic system that is responsible for your mood, perceptions, and how you experience life.”

One theory posits, for instance, that stress could be a major contributor to depression because it suppresses the production of new neurons in the hippocampus. In order to feel better, people with depression may need to increase neurogenesis (the generation of new neurons), which takes weeks.

This would explain why many people who take antidepressants don’t notice any improvement for several weeks.11 If the action was really on neurotransmitters, the patient should feel better right away when levels increase. Instead, triggering the growth of neurons could be the secret, which is a process that can be triggered naturally via exercise.

Read More

Receita caseira de vegetais fermentados

IMG_1289-1024x682

  • 1 repolho orgânico
  • 3 pimentões vermelhos orgânicos
  • 1 cabeça de alho
  • 1/2 cebola roxa
  • 2 colheres de sopa de sal rosa
  • 120 ml de vinagre de maçã

Modo de fazer:

Passo # 1: Pique o repolho, pimentões, cebola e alho.

Passo # 2: Esfregue o seu sal nos vegetais e deixe-os “sentar” em uma tigela grande por 6 horas para ajudar a extrair os sucos.

Passo # 3: Coloque os vegetais/suco em um vidro e despeje o vinagre de maçã sobre o topo. Se os vegetais não estiverem completamente submersos, adicione água filtrada.

Passo # 4: Tampe e deixe-a assentar durante 24 horas.

Depois de 12/12 horas, abra o vidro rapidamente, durante 1 semana. O líquido deve cobrir os vegetais. Depois deixe por mais 2 a 3 semanas.

Read More

12 alimentos ricos em micronutrientes

Micronutrientes, como o selênio, o fósforo e o iodo, são superimportantes para a nossa saúde. De maneira geral, eu preconizo a VARIEDADE ALIMENTAR, que é a melhor forma de garantir a oferta de todos os nutrientes de que o nosso organismo precisa. Mas, como sugestão, vai uma lista:

  1. Algas: wakame, nori, kelp, chlorella, spirulina, outras
  2. Peixes selvagens: salmão, bacalhau, anchova, atum, sardinha, arenque, cavala
  3. Alimentos fermentados: pickles, chucrute
  4. Vegetais folhosos verdes escuros
  5. Abacate
  6. Ovos caipira
  7. Sal Rosa
  8. Azeitonas
  9. Manteiga Ghee
  10. Carne de boi (de pasto)
  11. Caldo de ossos
  12. Caldo de vegetais
Read More
Molho Pesto

Molho pesto

Ingredientes:

  • 4 dentes de alho
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 xícara de chá de folhas de manjericão fresco
  • 3 colheres de chá de nozes sem casca
  • 100 g de queijo pecorino ou parmesão ralado
  • 1/2 xícara de chá de azeite
  • pimenta do reino a gosto

Modo de fazer:

  1. Descasque os dentes de alho e passe pelo espremedor e coloque numa tigela
  2. Adicione o sal e misture bem
  3. Triture as nozes no processador ou com pilão e acrescente-as
  4. Pique as folhas de manjericão já lavadas em pedaços pequenos e acrescente-as
  5. Acrescente o queijo e misture bem até obter uma mistura homogênea
  6. Tempere com um pouco de pimenta do reino e conserve em um vidro esterilizado
Read More
Camarão Ao Creme De Batata Baroa

Camarão ao creme de batata baroa

Ingredientes:

  • 2,5 kg de camarão
  • 1 caixa de queijo catupiry
  • 1 copo de requeijão cremoso light
  • 1 pote de creme de leite light
  • 2 vidros de cogumelos
  • 2,5 kg de batata baroa
  • 10 dentes de alho picados
  • 3 cebolas grandes
  • 2 maços de salsa
  • 6 colheres de azeite de oliva
  • sal

Modo de fazer:

Temperar o camarão com limão e sal.

Dourar a cebola e o alho no azeite. Acrescentar os cogumelos, em seguida, os camarões e a salsa.

Refogar um pouco até o camarão ficar cozido. Juntar o requeijão diluído em 3 colheres de sopa de água.

 

À parte, cozinhar a batata, bater ainda quente e misturar o creme de leite light. Temperar com sal.

Colocar metade da mistura de batata no fundo de um pirex.

Colocar a mistura do camarão.

Cobrir com a outra metade da mistura da batata. Enfeitar com o catupiry e colocar para gratinar no forno até “borbulhar”.

Servir com mix de folhas.

Read More
Molho Pesto De Rúcula

Molho pesto de rúcula

Ingredientes

  • 4 dentes de alho
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 xícara de chá de folhas de rúcula
  • 3 colheres de chá de nozes, sem casca
  • 100 g de queijo pecorino ou parmesão ralado
  • 1/2 xícara de azeite de oliva extravirgem
  • pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

  1. descasque os dentes de alho, passe pelo espremedor e coloque numa tigela
  2. adicione a colher de chá de sal e misture bem
  3. triture as nozes num processador ou com um pilão
  4. lave as folhas de rúcula, seque-as e pique-as bem em pedaços pequenos
  5. coloque tudo na tgela
  6. acrescente o queijo e o azeite
  7. misture bem até obter uma pasta bem homogênea
  8. tempere com pimento do reino
  9. conserve em vidro esterilizado
Read More
Bolo De Banana Sem Glúten

Bolo de banana sem glúten

INGREDIENTES

  • 4 bananas nanicas bem maduras 
  • 1/2 xícara de uvas passas pretas
  • 3 ovos
  • 1/3 xícara de óleo de oliva
  • 1 xícara de quinoa em flocos ou aveia sem glúten
  • 1 xícara de farinha de arroz
  • 2 colheres de sopa de fermento em pó para bolo
  • Canela em pó
  • Mix de castanhas trituradas

MODO DE PREPARO

  1. Unte e enfarinhe a forma com farinha de arroz e pré-aqueça o forno em 180oC
  2. Bata no liquidificador as bananas, as passas, os ovos e o óleo
  3. Coloque a mistura em uma tigela e apresente a quinoa, a farinha de arroz e o fermento
  4. Misture delicadamente com uma colher de pau até ficar bem homogênea
  5. Coloque a massa na forma. Polvilhe canela em pó e castanhas trituradas por cima
  6. Leve para assar durante 20 minutos em forno quente
Read More