Bacalhau

Almoço e jantar no Ponto Z

Como explicado durante a consulta, estas são apenas sugestões de combinações de alimentos que podem lhe ajudar a atingir o ponto Z – uma “zona” de equilíbrio e bem estar – fazendo boas escolhas para manter ou recuperar o estado nutricional. Lembro que jantar é hora de comer pouco, bem pouco, deixando comer um pouco mais apenas em comemorações eventuais. Evite comer depois de 19-20 horas. Acostume-se a fazer a última refeição antes deste horário. Se necessário, opte por algo leve como uma coalhada ou iogurte antes de dormir, mas sempre sob orientação individualizada. E, importante: se tiver resistência à insulina, ela precisa ser avaliada pelo médico, quando maior ou menor ênfase será dada à combinação dos alimentos, adequação da composição corporal e, possivelmente, uso de medicações.

1. Omelete tropical: omelete preparara com ovos caipira e vários ingredientes predominantemente do grupo 2, a seu gosto, picados (tomate, pimentão vermelho, cogumelos shitake, cebola, alho, entre outros), além de ingredientes como açafrão (grupo 1), queijos ou sardinha ou tofu  (grupo 5) e azeitonas (grupo 6). Você pode usar um fio de azeite de oliva (grupo 6) caso não acrescente nenhuma outra gordura saudável. Coloque primeiro a cebola e o alho para dourar, depois o shitake, depois a cebola e o pimentão.

2. Omelete com shitake e azeite de oliva e salada de pupunha com mix de quinoa

3. Bolo de legumes com carne (receita no site) : ingerir com mix de folhas verdes e azeite de oliva extravirgem.

4. Lasanha de berinjela (receita) : deve ser servida quente; nenhum acompanhamento é necessário,; um vinho tinto ou suco integral de uva são boas opções de bebida para acompanhar.

5. Abobrinha recheada com queijo e tomate

6. Macarrão de abobrinha com queijo branco e tomate

7. Meatzza (receita no site)receita que utiliza carne moída, ovos, molho de tomate, queijos e outros ingredientes à sua escolha, sem farinhas. Servir com mix de folhas verdes.

8. Lula ao pesto:  receita simples de preparar. Veja a sua composição low carb, rica em proteína, com baixo teor de gordura. Perfeita para a refeição noturna de não vegetariano. Leve e nutritiva.

Tabela nutricional % VD (*)
Calorias (valor energético) 87 kcal 4,35 %
Pontos* 2
Carboidratos 1,7 g 0,57 %
Proteínas 16,4 g 21,87 %
Gorduras totais 1,7 g 3,09 %
Gorduras saturadas 0 g 0 %
Fibra alimentar 0 g 0 %
Sódio 0 mg 0 %
(*) % Valores Diários de referência com base em uma dieta de 2.000 kcal ou 8400 kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.

9. Ostras: como uma das mais importantes fontes de zinco, pode enriquecer sua refeição. Em várias versões, você pode experimentar crua, ao bafo, gratinada, misturada com outros legumes.

10. Camarão com shitake: pode ser servido com brócolis temperado com alho. Os vegetarianos podem substutir o camarão pelo arroz negro com amêndoas.

12.Moqueca de peixe (receita no site)

13. Salmão assado ou grelhado: um peixe muito fácil de ser preparado; pode ser na frigideira ou no forno; acompanhe apenas com azeite de oliva ou amêndoas em lascas levemente douradas no azeite e uma salada com 3 variedades de alfaces, rúcula, pimentão vermelho, tomate cereja e manga. Algumas pessoas gostam de alecrim sobre o peixe ou molho de maracujá.

14. Linguado assado ou grelhado com crosta de gergelim preto: fácil de ser preparado, pode ser servido com batata baroa cozida em rodelas; regar as batatas com azeite de oliva e salpicar salsinha picada.

15. Truta assada ou grelhada: rapidamente preparada, pode ser servida com berinjela assada e regada com azeite de oliva e salada de grão-de-bico com cebola roxa.

16. Filé de tilápia ou bacalhau dessalgado (foto do post): coloque as tilápias num pirex já temperada a seu gosto (sal e, se gostar, um pouco de limão) e despeje leite de côco; depois acrescente pedaços de batata baroa cozida, cenoura cozida, cebola em rodelas, tomate, pimentão vermelho, azeitonas.

17. Quibe de carne com quinoa (receita no site)servir com mix de folhas verdes e azeite de oliva extra-virgem.

18. Filé de coxas e sobrecoxas (orgânicas) assado ou grelhado: pode ser servido com qualquer combinação de alimentos do grupo 2. Quiabo, alho-poró ou brócolis são boas opções.

19. Tirinhas de frango/carne vermelha/camarão com legumes refogados: como se fosse para um strogonoff; doure as tirinhas com alho e depois acrescente brócolis, couve-flor, cenoura, pimentão vermelho, cebola ou outros ingredientes do grupo 2 e temperos do grupo 1.

20. Carne vermelha com shitake ou outro tipo de cogumelo a seu gosto

22. Salada de repolho, frango desfiado, maçã e uvas-passas: servir com salada de alface, rúcula  ou agrião com um toque de queijo branco e amêndoas

23. Sopa de lentilha, sopa de ervilha ou sopa de alho-poró com batata baroa

25. Torta de espinafre (receita no site)

 

Dra Isabela David

Médica nutróloga com Título de Especialista em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Médica Brasileira (AMB)