img-dieta-personalizadaVocê já ouviu alguém dizendo que não se sente bem comendo banana? Pois a banana é uma fruta saudável, não é mesmo? Por que isso acontece?

Muito mais comum é nos depararmos com alguém que não se sente bem comendo o glúten, mesmo que não tenha doença celíaca.

Outras pessoas se sentem realmente mal ingerindo a carne vermelha, ou a mandioca, ou o pimentão e assim por diante.

Por isso, enfatizamos bem: Nem todo alimento saudável é saudável para você.

A personalização ou individualização da dieta é essencial para que o que ingerimos realmente repercuta na nossa saúde e bem-estar.

Hoje temos os testes preditivos de DNA que podem nos indicar, por exemplo, a susceptibilidade à doença celíaca, à intolerância genética à lactose, a sensibilidade ao sal, à cafeína, entre outros dados interessantes que podem ser obtidos.

Existem também os testes de intolerância alimentar IgG, que são muito úteis e podem indicar a retirada de alguns alimentos da dieta.

O diagnóstico das alergias alimentares já é mais direto, porque os sinais e sintomas mostram uma relação bem nítida com a ingestão dos alimentos alergênicos.

Os nutricionistas, grandes parceiros dos nutrólogos, são os profissionais mais indicados para individualizarem a sua dieta, em termos de prescrição alimentar propriamente dita. Nutrólogos e nutricionistas, inclusive, atuam conjuntamente no diagnóstico e tratamento das intolerâncias e alergias alimentares, além de outras situações clínicas em que a escolha correta dos alimentos terá um papel essencial na percepção de bem-estar. Informe-se!