A dieta como um caminho

A Dieta da Zona, melhor conhecida como Zone Diet devido à inadequação do nome em português, foi desenvolvida e proposta pelo renomado pesquisador Dr. Barry Sears que, em 1995 lançou o seu primeiro livro, The Zone (traduzido com o nome O Ponto Z, a Dieta). Em mais de 20 anos, o Dr. Sears escreveu vários livros, todos centrados nesta “zona” de equilíbrio metabólico alcançada se tratarmos os alimentos como “medicamentos”, atentos à qualidade, quantidade e proporção entre eles ao compormos a nossa dieta.

A dieta é conhecida como 40/30/30, pois propõe uma ingestão de 40% de carboidratos em relação às calorias totais, 30% de proteínas e 30% de gorduras. Embora a Era Genômica (Pós-Projeto Genoma) nos mostre que existe uma variação entre os indivíduos de modo que eles se beneficiam com quantidades diferentes de carboidratos, na minha prática clínica observo que a maioria das pessoas se sentem bem com a proporção sugerida para se alcançar a “zona”. Mesmo que não lide com a dieta 100% como recomendada, há cerca de 15 anos proponho a meus pacientes que combinem gorduras saudáveis, proteínas magras e carboidratos predominantemente de menor densidade calórica em todas as refeições, estimulando a variedade alimentar.

Uma das características da Zone Diet é o entendimento dos grupos PCAs, que representam uma porção balanceada de proteínas, carboidratos e gorduras (A de ácido graxo = gordura). Tabelas nos ajudam a ter a referência do tamanho das porções. Por exemplo: 1/2 banana = 1 porção de carboidrato, assim como 1 ovo = 1 porção de proteína e 1/2 colher de azeite de oliva = 1 porção de gordura.

Meu papel consiste em ajudar os pacientes a se equilibrarem metabolicamente para atingir e manter um peso desejável e que este equilíbrio se reflita nitidamente no seu bem estar.

Sempre propus ao meu paciente que tivesse a Zone Diet como referência para alcançar o patamar de ter uma “dieta como um caminho“: um caminho para a saúde, bem-estar e longevidade com boa qualidade de vida, o que todos desejamos. Fico feliz que, depois de tantos anos, esta proposta vem sendo cada vez mais conhecida e valorizada.

Dra Isabela David

Médica nutróloga com Título de Especialista em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Médica Brasileira (AMB)